Fale Conosco

melhoresnoticias

melhoresnoticias

Infecção pulmonar: o que é, causas, tipos e tratamento-Tua Saúde

Saúde

Infecção pulmonar: o que é, causas, tipos e tratamento-Tua Saúde

A infecção pulmonar, também chamada de infecção de trato respiratório baixo, acontece quando algum tipo de fungo, vírus ou bactérias consegue se multiplicar nos pulmões, causando inflamação e levando ao aparecimento de alguns sintomas como febre, tosse, catarro e dificuldade para respirar, por exemplo. Dependendo da localização afetada no pulmão e dos sintomas, a infecção pulmonar pode ser dividida em vários tipos, sendo a mais comum a pneumonia, bronquite e bronquiolite.

Sempre que houver suspeita de alguma infecção nos pulmões é muito importante consultar um pneumologista, clínico geral, pediatra ou ir a um posto de saúde ou instalação de pronto-socorro, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado, que pode incluir o uso de antibióticos, internamento hospitalar ou apenas repouso. Confira quais sinais mais comuns de uma infecção pulmonar.

Causas de infecção pulmonar

A infecção pulmonar pode ser causada por fungos, vírus e bactérias que podem entrar no organismo através da inalação de gotículas respiratórias que são liberadas durante a tosse, espirrar ou falar de pessoas que são infectadas por esses microrganismos.

Os fungos são naturalmente encontrados suspensos no ar e geralmente são aspirados no corpo, no entanto raramente levam ao aparecimento de sinais e sintomas e ao desenvolvimento de doenças, como eles conseguem ser facilmente contada pelo próprio corpo. No entanto, quando o sistema imunológico é encontrado ainda mais enfraquecido devido à doença ou ao uso de medicações, pode haver desenvolvimento de doenças respiratórias causadas por fungos.

As infecções pulmonares acontecem com mais frequência devido a bactérias, como Streptococcus pneumoniae e Bordetella pertussis, e alguns tipos de vírus, e é importante identificar a causa para o tratamento adequado.

Principais tipos de infecção pulmonar

Existem 3 tipos principais de infecção pulmonar, que podem ter diferentes causas:

1. Pneumonia

A pneumonia acontece quando há uma inflamação do parênquima pulmonar, que é a parede do pulmão responsável por fazer as trocas de oxigênio e dióxido de carbono. As causas mais comuns deste tipo de infecção são as bactérias do tipo Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae e Mycoplasma pneumoniae, bem como vírus, como o da gripe.

Ao desenvolver pneumonia, os sintomas mais clássicos são febre acima de 38ºC, respiração rápida, tosse, dor no peito e vereadores esverdeados ou sanguíneos. Saiba mais sobre pneumonia e como tratar.

2. Bronquite

Alpronta bronquite é a inflamação dos brônquios, que são os canais recebem o ar nos pulmões. A causa mais comum para esse tipo de infecção é o vírus influenza, mas também pode acontecer pela infecção por bactérias como Mycoplasma pneumoniae, Chlamydia pneumoniae ou Bordetella pertussis.

Em bronquite, nem sempre há febre e o catarro é whitish ou yellowish. Outros sintomas incluem ruídos na respiração, tosse constante e cansaço. Veja outros sintomas de bronquite.

3. Bronquiolite

A bronquiolite é mais comum em bebês com menos de 2 anos de idade, caracterizando-se por uma inflamação dos brônquios, que são os canais mais estreitos do trato respiratório e que recebem o ar das bronquías. A principal causa dessa infecção são os vírus, especialmente o vírus sincicial respiratório.

Os sintomas que podem levar à suspeita de bronquiolite incluem lascas na respiração, respiração rápida, abertura do nariz pela respiração e aumento da irritabilidade e cansaço. Confira como identificar e tratar a bronquiolite.

Como confirmar o diagnóstico

Para confirmar o diagnóstico de infecção pulmonar é recomendado consultar um pneumologista para fazer o exame físico, além de exames complementares, como os de raios-X de sangue e tórax, por exemplo.

Após realizar o diagnóstico, o tratamento começa, mas é importante identificar o agente causador da infecção para adotar a melhor conduta de tratamento, e isso pode ser alcançado com a análise microbiológica do escarro.

Como o tratamento é feito

O tratamento para infecção pulmonar é feito com medicações que atuam diretamente contra o agente causador, como antibióticos, antifúngicos ou antivirais, por exemplo. Um deles também pode usar medicamentos para dor e para diminuir a febre.

Para complementar o tratamento, o médico pode ainda indicar fisioterapia respiratória, realizada com exercícios de respiração e pequenos aparelhos que permitem eliminar as secreções dos pulmões, trazendo alívio dos sintomas. Além disso, a alimentação saudável e a boa hidratação também são importantes no período de recuperação e durante o tratamento da infecção pulmonar.

Nos casos mais graves, em que não há melhora após o início do tratamento, ou quando a pessoa tem uma doença autoimune que deixa o sistema imunológico mais frágil, pode ser necessário fazer internamento no hospital.

To Top